Quem pode usar lente de contato dental?

Quem pode usar lente de contato dental?

Lente de contato dental como desejo de beleza!

A sociedade moderna induz, muitas vezes, à altas exigências estéticas. Os padrões atuais de embelezamento levam as pessoas a buscar um corpo com baixa porcentagem de gordura, a face harmonizada e um sorriso branco e natural.

Nesse contexto de satisfação da aparência, a lente de contato dental tem lugar de destaque. Quando executada de maneira correta, respeitando conceitos biológicos fundamentais para saúde da gengiva e do dente, excelentes resultados são alcançados.

O que é lente de contato dental?

Lente de contato dental é um laminado extrafino colado sobre a superfície externa dos dentes, alterando a forma e cor com a finalidade de tornar o sorriso mais atraente. Pode ser feita em resina ou porcelana, sendo a indicação individual técnica e de acordo com a expectativa que o paciente tem ao tratamento. Explicando de forma mais simples, seria uma capa de material estético com seleção da cor desejada fixada do lado de fora dos dentes.

Quem pode usar lente de contato dental?

O tratamento com lente de contato dental é indicado para pequenas correções de posicionamento, em situações clínicas que o uso de aparelho ortodôntico não ocasionará grandes benefícios e que não seja o desejo do paciente utilizar essa técnica.

Utilizada quando a forma, tamanho e contorno anatômico não se encontra em harmonia com a arcada dentária, gengiva e face.

Em combinação com um clareamento assistido pelo dentista, a cor e textura pode ser modificada com a aplicação das lentes de contato dental

Quando há um espaçamento entre os dentes, também chamado de diastemas, é possível contornar o local preenchendo a área com algum material em conformidade com a gengiva e o desenho ideal do dente.

Alguns dentes possuem defeitos de formação e com a utilização de lentes de contato dental é possível corrigir essa falha isolada, combinada muitas vezes com clareamento dental das arcadas ou até essa técnica reproduzidas em outros dentes.

Em algum dente que tenha trinca ou fratura que não envolva a polpa dentária ou comprometa a saúde da gengiva.

Em dentes com determinado grau de escurecimento em que apenas o clareamento não é suficiente para corrigir o defeito.

Essas situações clínicas devem ser analisadas individualmente, levando em consideração a possibilidade de atuação de outras especialidades. A melhor relação de tratamento com base em técnica, queixas e expectativa do paciente deve ser estabelecida para que se realize procedimentos menos invasivos aos tecidos e com durabilidade e bons resultados a longo prazo.

As lentes de contato dental são indicadas para quase todas as situações clínicas que envolve alteração da estética dos dentes com a finalidade de esconder alguns defeitos dos dentes. A vantagem dessa técnica é que o desgaste é mínimo e realizado na parte da frente dos dentes. No entanto, são poucos os casos em que não é necessário nenhum desgaste dos dentes.

É importante observar que esse tratamento exige boas condições de saúde para indicação da técnica. Além disso, após a realização do procedimento, é preciso cuidados de higiene oral periodicamente revisados.

Compartilhar:

Deixe um comentário